Now Playing Tracks

Presente

Eu não lembro bem como cheguei até aqui, nesta situação sozinho por opção;

Sentado e relaxado, a espera de um milagre? Quem sabe;

Sinto uma sensação de paz, mas preciso respirar mais, uma fuga? Bem capaz;

Afobado com tantas coisas me sinto um prisioneiro, um prisioneiro de mim mesmo aonde eu criei meu próprio cativeiro;

Aonde está a chave? Aonde se encontra a saída? Até aonde sou capaz de chegar? Quem eu vou encontrar no reflexo do espelho? Quem eu vou escolher? Devo a quem recorrer? Ou de ninguém depender?

É possível sozinho então viver?

Continuarei tempo a perder?

Mas afinal, como foi que eu vim parar aqui?

- Por mim mesmo, para eu mesmo. 

To Tumblr, Love Pixel Union